Viajar com carro elétrico já é uma alternativa real no Sul do País

Em Santa Catarina, um corredor elétrico de 300km já torna possível uma viagem feita com um carro exclusivamente elétrico no Brasil. O trecho com sete eletropostos, instalados pela a Celesc, em parceria com a Fundação Certi, é um dos maiores em extensão do País.

O corredor elétrico é formado por três postos de abastecimento rápido, com unidades em Florianópolis, Porto Belo e Araquari; além de quatro estações semirrápidas, localizadas em Joinville, Blumenau e nas sedes da Certi e da Celesc. As bases permitem que um motorista percorra cerca de 300 quilômetros de estradas com abastecimento exclusivamente elétrico.

O projeto visa estudar formas de otimizar o uso de energia, reduzir os custos de operação e os impactos dos carregamentos na rede elétrica. “Os profissionais avaliam o desempenho do sistema afetado pelo abastecimento de veículos elétricos e projetam soluções para quando a tecnologia for utilizada em larga escala”, explica o chefe do departamento de Eficiência Energética da Celesc, Marco Aurélio Gianesini.

“Entre as ações propostas estão estratégias como o gerenciamento energético avançado e armazenamento de energia, contribuindo para o setor elétrico nacional”, complementa. Até o momento, a recarga de veículos elétricos nos estabelecimentos parceiros do projeto ocorre de forma gratuita. O programa visa ainda, a implementação de um modelo de negócio que está em fase de estudo.

Conteúdo Relacionado

As distribuidoras de energia, por meio da ABRADEE, apresentaram ao Ministério de Minas e Energia
O Ministério da Economia desenvolveu um documento que esclarece as grandes questões sobre a Mini
A EPE, Empresa de Pesquisa Energética, é uma empresa pública, vinculada ao Ministério de Minas
A Matriz Energética brasileira é formada predominantemente por fontes renováveis, mas as fontes não renováveis
DERIVADOS DO PETRÓLEO Os derivados do petróleo, sejam eles em estado sólido ou líquido, são