O aproveitamento da Biomassa

A chamada Biomassa é a matéria-prima de origem vegetal ou animal (orgânica), que pode ser utilizada para gerar energia mecânica, térmica ou elétrica em um ciclo de renovação de curto-prazo. No caso do aproveitamento para produção de eletricidade, encontram-se várias tecnologias de aproveitamento, sendo que todas elas prevêem a conversão de matéria-prima em um produto intermediário, o qual será utilizado para acionar, ou girar o rotor do gerador elétrico.

Uma forma simples de utilização da biomassa, porém não muito eficiente, é a sua queima direta para a produção de calor e vapor d´água. Consequentemente, o vapor possibilitará o acionamento de uma turbina a vapor conectada mecanicamente a um gerador elétrico.

Contudo, as tecnologias mais utilizadas no aproveitamento da biomassa prevêem um processo de cogeração, que é a produção de dois ou mais energéticos a partir de um único processo, utilizado por setores industriais. A cogeração tem sido bastante utilizada no Brasil por meio de aproveitamento do bagaço de cana-de-açúcar em usinas de produção de açúcar e álcool. As principais tecnologias de aproveitamento de biomassa são: ciclo a vapor com turbinas de contrapressão, ciclo a vapor com turbinas de condensação e extração e ciclo combinado integrado à gaseificação da biomassa.

Confira também outras fontes de energia:

A energia fotovoltaica e a Geração Distribuída

A importância das hidrelétricas

A força da energia eólica

Conteúdo Relacionado

As distribuidoras de energia, por meio da ABRADEE, apresentaram ao Ministério de Minas e Energia
O Ministério da Economia desenvolveu um documento que esclarece as grandes questões sobre a Mini
A EPE, Empresa de Pesquisa Energética, é uma empresa pública, vinculada ao Ministério de Minas
A Matriz Energética brasileira é formada predominantemente por fontes renováveis, mas as fontes não renováveis
DERIVADOS DO PETRÓLEO Os derivados do petróleo, sejam eles em estado sólido ou líquido, são